BrasilCaso Vitória GabriellyPolícia
Notícias quentes

Quem matou Vitória Gabrielly? Polícia muda linha de investigação após perícia no corpo

Uma novidade no caso de Vitoria Gabrielly nesta sexta (22), deu uma virada na linha de investigação.

Mais uma grande reviravolta no caso Vitória Gabrielly. Nesta sexta-feira (22) a perícia no corpo da menina Vitória trouxe um elemento importante no crime. É que a morte da menina de Araçariguama, interior de São Paulo, aconteceu em um período de tempo diferente daquela que se acreditava, antes do resultado pericial no corpo.

A polícia tem sido muito cautelosa em afirmar situações e hipóteses sobre o caso, mas, justiça seja feita, ela sempre disse que a perícia no corpo seria fundamental para definir a linha do homicídio. E realmente, o corpo deu uma dica importante na elucidação do crime. A morte da menina não aconteceu assim que ela foi sequestrada.

Morte de Vitória aconteceu apenas 10 horas após o sequestro

A menina foi sequestrada e apenas 10 horas depois ela foi morta. O que se apura, em relação a situação é que ela, provavelmente, foi levada a um cativeiro e só depois de um tempo, cerca de 10 horas, ela foi morta. Essa informação muda tudo na investigação.

A linha de investigação que, poderia ser uma vingança contra a família da menina teria perdido força e outra versão ganhou mais atenção. Se ela foi raptada e levada a um possível cativeiro, muito provavelmente, alguém a levou por engano. O delegado do caso, chegou a dizer na TV que a polícia já tem quase certeza que trata-se de uma vingança. Quando questionado se seria uma vingança em relação a família de Vitória, ele titubeou.

Ao final da entrevista ele voltou a confirmar que a principal linha de investigação seria uma vingança, mas não contra Vitória Gabrielly e sim, contra outra menina parecida e, provavelmente de mesmo nome.

Outra situação que poderia corroborar com a hipótese é o fato dela ter marcas no corpo com dois tamanhos de mão, o que prova que seriam dois agressores. Esse fato também aumenta a possibilidade dela ter lutado contra os possíveis assassinos. Materiais sob as suas unhas foram retirados para averiguação de material genético dos agressores.

Tags

Hugo Reis

Fazemos trabalhos com vários sites de notícia do Brasil e decidimos montar nosso próprio site. Na verdade atualizamos também dois sites: http://www.oimeliga.com.br http://www.superinteressantes.com.br hugo.reis@oimeliga.com.br TRabalhamos também para a BlastingNews e 1News. Confira nosso portfólio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Considere tirar o ad blocker para ler a matéria
%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas