Famosos & TV

10 Famosos que flertaram com o fracasso ou a morte, mas viraram exemplos de superação

Hebert Vianna, Bill Gates e tantos outros que deram a volta por cima passando por dificuldades reais.

Os contemporâneos de Van Gogh não reconheceram sua arte, mas ele não desistiu, continuou pintando. Nenhum editor queria publicar o livro de Harry Potter, mas a escritora J. K. Rowling nunca deixou de acreditar que alguém um dia gostaria de seu mundo de magia. O sucesso raramente chega na primeira tentativa, mas segue de mãos dadas não só com o talento, mas também com a perseverança.

Hebert Vianna

O cantor sofreu uma queda do avião ultraleve que pilotava, ficou entre a vida e a morte e superou tudo isto, voltando a cantar.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

#herbertvianna #osparalamas #paralamicos

Uma publicação compartilhada por Herbert Vianna 🎸 (@herbertviannafc) em


 

A primeira empresa de Bill Gates quebrou

Como o próprio Gates diz, desde a faculdade ele era literalmente obcecado por computadores e programação. Não é de surpreender que ainda na faculdade tenha tentado criar sua empresa com um amigo. Chamava-se “Traf-O-Data” e se dedicava à criação de um programa de gerenciamento de tráfego. Infelizmente, a empresa não teve sucesso e logo fechou.

Mas isso não deixou o futuro milionário pessimista, mas o encorajou. E, alguns anos depois, a lendária empresa da Microsoft foi criada. O resto da história todo mundo conhece.

Marilyn Monroe perdeu seu contrato com uma grande empresa de cinema no início da carreira

Poucos sabem disso, mas o sucesso e a popularidade não chegaram imediatamente para a famosa Marilyn. Sua primeira experiência cinematográfica se revelou um fracasso. Em 1948, assinou um contrato com a Columbia Pictures e desempenhou um papel no filme de baixo orçamento “Mentira Salvadora“. O filme fracassou e o estúdio rompeu o contrato com ela por ”falta de talento e aparência física impressionante”.

Apesar disso, Monroe não desistiu, começou a fazer constantemente aulas de atuação, obteve outros papéis e logo se tornou um ícone sexual do século 20.

O coronel Sanders, símbolo da rede KFC, ficou rico apenas depois de velho

Harland David Sanders foi o homem que inventou e criou a mundialmente famosa cadeia de fast food KFC. É ele quem sorri no logo da empresa. Mas demorou muito para construir seu império. Durante sua vida, foi oficial militar, trabalhou como agente de seguros, agricultor, mineiro e fazendeiro.

Aos 40 anos, Sanders começou a cozinhar pratos feitos com frango e a vendê-los em seu local de trabalho. Apenas 25 anos depois conseguiu encontrar possíveis franqueadores e então começou a abrir um local após outro. Sanders criou uma imagem única e sempre usava roupas exclusivamente brancas com gravata preta estreita. Ele participou ativamente dos assuntos da empresa até o final de sua vida.

Luciano Benetton cresceu em uma família pobre e vendeu todos os seus bens para construir seu negócio

A família italiana Benetton não era rica. Após a morte do pai, a mãe ficou sozinha com quatro filhos. Um dia uma das filhas mais velhas, Juliana, decidiu tricotar um suéter para o irmão Luciano. O suéter acabou por ficar muito atraente (na época não eram usados). Então, o jovem teve a ideia de fazer suéteres para vender.

Para comprar uma máquina de tecelagem, teve de vender um acordeão, uma bicicleta e viver quase morrendo de fome por quatro longos meses. Mas os Luciano e as irmãs tiveram sorte. A produção estava vendendo bem e o sucesso não demorou. As roupas de cores vivas da Benetton logo se tornaram famosas no mundo todo. Em grande parte, graças à criatividade dos gerentes da empresa, que usaram publicidade provocativa. A empresa ainda é gerenciada por seus fundadores, os quatro irmãos Benetton.

O primeiro produtor de Charlie Chaplin esteve a ponto de despedi-lo

Hoje é difícil imaginar o cinema mundial sem o grande Chaplin. Mas sua jornada criativa também enfrentou obstáculos. Em 1913 ele foi escolhido pelo produtor de filmes Mack Sennett. No entanto, após o primeiro papel do ator, Sennett admitiu que contratou Chaplin muito apressadamente e sua equipe lamentou sua decisão.

Para Chaplin foi difícil se adaptar às novas condições do cinema e da pressão. Com dificuldade, Sennett permitiu que o ator continuasse no projeto. Desta vez o gênio não o desapontou e logo se tornou uma verdadeira estrela.

Gal Gadot ficou tão cansada dos testes para filmes que quase desistiu da carreira

Nem todos os atores de Hollywood têm a sorte de conseguir um papel importante no início de sua carreira. Isso aconteceu com Gal Gadot, a artista do papel de Mulher-Maravilha. Aos 18 anos, a garota ganhou o título de “Miss Israel“, depois do que recebeu muitas propostas para participar de publicidade e para capas de revistas. Mas Gadot sonhava com o cinema, enquanto seu maior avanço por um longo tempo continuou a ser um pequeno papel em várias partes de ”Velozes e Furiosos”.

Cansada dos intermináveis castings e das respostas negativas, a atriz começou a pensar seriamente em mudar de profissão. Mas em 2013, ela passou no teste em um projeto secreto e obteve o papel principal. É possível imaginar alguém mais como a Mulher Maravilha?

Michael Jordan foi reprovado no teste para o time de basquete de seu colégio

Quando menino, Michael Jordan praticava diferentes esportes, mas acima de tudo gostava de basquete. No entanto, não foi tão simples. Quando estava no nono ano ele tinha apenas 1,75 m de altura e o treinador não o chamou para a equipe, escolhendo garotos mais altos.

Jordan ficou tão desapontado com o fato que prometeu a si mesmo fazer todo o possível para mostrar ao treinador seu erro. Ele trabalhou duro para compensar sua baixa estatura. No décimo primeiro ano, Michael não só havia crescido, mas também aperfeiçoou suas habilidades e começou a fazer parte da equipe da escola. Já nas categorias de base, Jordan passou a ser visto com uma promessa do basquete e acabou indo parara na NBA, a mais famosa liga de basquete do mundo. O resto da história todo mundo sabe…

As obras de Claude Monet não tiveram reconhecimento por muito tempo

As pinturas de Claude Monet, hoje vendidas por milhões de dólares, já foram de pouco interesse de amantes da arte e do público em geral. O trabalho de um dos primeiros impressionistas nunca foi reconhecido e sua família estava constantemente à beira da pobreza.

Apenas aos 39 anos, o artista teve sua primeira exposição, que lhe trouxe sucesso. As pinturas finalmente encontraram compradores. Mais tarde, Monet ganhou um lugar de honra na lista dos artistas mais talentosos do impressionismo e fez com que os amantes de arte de todo o mundo se apaixonassem.

Jack London recebeu intermináveis negativas para publicar suas histórias

O escritor Jack London cresceu em uma família pobre. Nos anos escolares, teve de estudar e vender jornais e depois trabalhar em uma fábrica. Aos 22 anos, London começou a escrever romances e contos, enviando-os para todos os jornais e revistas. Mas os textos quase nunca eram aprovados pelos editores. Dizem que o escritor recebeu cerca de 600 respostas negativas, mas não duvidou de seu talento e continuou escrevendo.

Finalmente, em 1893, foi publicado o primeiro ensaio do escritor, “Typhoon off the coast of Japan“, que marcou o início de sua carreira literária.

Harrison Ford conseguiu apenas papéis menores e trabalhou como carpinteiro até os 35 anos de idade

Um dos começos mais difíceis, mas interessantes em Hollywood é a do Indiana Jones-Han Solo Harrison Ford. No início de sua carreira, o ator interpretou vários papéis de apoio e, 15 anos depois, completamente desesperado, decidiu dedicar-se à carpintaria. As coisas estavam indo bem e Ford contratou funcionários.

Isso durou cerca de 8 anos, até que George Lucas se encontrou com um carpinteiro que estava fazendo reparos no escritório de Francis Coppola e o convidou para ler o roteiro. Harrison gostou do diretor, obteve o papel de Han Solo e a carreira deslanchou.

Hugo Reis

Fazemos trabalhos com vários sites de notícia do Brasil e decidimos montar nosso próprio site. Na verdade atualizamos também dois sites: http://www.oimeliga.com.br http://www.superinteressantes.com.br hugo.reis@oimeliga.com.br TRabalhamos também para a BlastingNews e 1News. Confira nosso portfólio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Adblock Detected

Considere tirar o ad blocker para ler a matéria
%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas